06 outubro, 2015

Experimentar pessoas




Se há coisa boa num bloco cujo formato não estamos à vontade é o testar, experimentar, fazer algo de diferente, já que o suporte também é... O que mais gosto é da sensação " ahhh que se lixe!" e se sair mal, saiu, paciência, o desenho é meu e só mostro se me apetecer.
Este primeiro conjunto feito no aniversário da minha mãe, com a temática mais acutilante: desenhar familiares! São sem dúvida, os piores modelos porque têm a capacidade de dizer mal de qualquer coisa que faças. São por isso, o melhor dos desafios, aqueles que mais recompensa trazem. A recompensa não é nada mais nada menos que satisfação, caso o desenho corra bem, e isso é a melhor coisa para um desenhador, gostar do que fez, quando chega ao fim...



Aqui, bem mais fácil, desenhar colegas na hora de almoço. Os colegas aproveitam ao máximo para descontrair e adiar assim a volta para o turno da tarde e como tal, mantêm-se na mesma posição por alguns minutos, o que é ideal para os retratar com alguma fidelidade.



Por fim, num registo mais familiar, excepto na cor porque sinceramente, à semelhança das experiências de cima, apeteceu-me... No desenho, nem tudo é feito com alguma razão aparente e isso é uma das belezas da coisa ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário