06 agosto, 2015

Praça Camões - EXERCICIO


 Eis um exercicio muito bom para quem está a começar a desenhar em diario gráfico. Procurem um lugar que gostem e comprometam-se em fazer um bom desenho e dediquem 10 a 15 minutos a isso. Tomem atenção às proporções, às distancias entre elementos e contem bem todos os elementos na cena. Assim que terminarem, mudem a página e repitam o processo mas desta vez comprometam-se a fazer um mau desenho em pouco mais de 2 ou 3 minutos. Libertem-se de todo o rigor do primeiro desenho e soltem o traço o mais possível... 
--
Here's a very good exercise for beginners. Pick a spot, open your sketchbook and commit yourself to do a very good sketch on it for about 10-15 minutes. Pay attention to proportions, perspective, the distance between elements on the landscape and count every one of them. When you finish, turn the page and repeat the process, but this time you must do a BAD sketch with no more than 2-3 minutes. Let go of all the rules in the previous sketch, just let the ink flow trough the paper... 




No fim, digam qual dos desenhos gostam mais...
--
When you're done, take your pick, which sketch do you prefer... 

Este exercicio serviu como um despertar, quando o fiz pela primeira vez há 15 anos atrás. Tinha uma visão do desenho em que o que interessava era o rigor e tudo o que eram linhas rápidas e soltas e desproporcionais não interessavam. Sem querer, fiz um desenho como os que agora faço naturalmente...
--
This exercice was some sort of awakening for me when I first took it 15 years ago. I had a narrow vision of sketching that all that mattered was straight lines, proportion, accuracy. With this exercice, I was doing a sketch like the ones I do now, without knowing it... 

4 comentários:

  1. Prefiro claramente o segundo ... mas... , é mais fácil soltar o traço quando se tem a opção de escolher.... quando se tem o traço já "desarrumado" por natureza e falta de jeito a tendência é querer corrigir o desarrumo...
    :)
    Aprecio imenso os seus desenhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado José! Mas o que quis mostrar com este exemplo é que quando eu fiz este exercicio pela primeira vez, também não tinha essa opção de escolher e instintivamente fiz um desenho com o traço que tenho hoje. Como tal, a minha busca no desenho foi feita nesse sentido ;)

      Eliminar
  2. Prefiro o segundo... é bastante mais fácil fazer o primeiro que o segundo... o segundo é pura personalidade... Obrigado pelas dicas... vou trabalhar para tentar encontrar o meu "segundo".

    ResponderEliminar
  3. Prefiro o segundo, claro. Mas porque, além de ser o traço mais solto, tens coisas no segundo (pessoas, sombras projectadas das árvores) que não tens no primeiro. Além de que o primeiro tem uma perspectiva redonda muito forçada.

    ResponderEliminar