25 junho, 2018

Torres Vedras - Araraquara V (FIM)


Dia 27 de Maio, pelas 8:00 voltámos à Fazenda do Salto Grande para terminar em nota alta o Encontro Internacional de Desenho de Rua. Uma vez que já tinha desenhado parte do património construído na passada semana, desta feita, eu e o António Bártolo quisemos registar o património  Natural que inclui um rio que passa mesmo no centro do local e que contém uma cascata que dá o nome ao mesmo, Salto Grande. Depois disso foi tempo de descansar porque no dia seguinte esperava-me uma viagem de 10 horas de avião + 3 horas de carro até ao aeroporto. 
Nesse longo intervalo de tempo, foi mais que suficiente para terminar alguns desenhos, revisitar outros anteriores e chegar a conclusão que já não iria voltar a ver as pessoas e os locais que foram a minha casa nos 12 dias que passaram. Se bem que a saudade de casa era bem mais forte, não pude deixar de ter aquela sensação estranha que a vida a que tão bem me acostumei, as pessoas maravilhosas que conheci, dificilmente as iria reencontrar tão cedo. 
  
Aqui, a minha primeira "oficina" em terras de Vera Cruz contou com um participante... Um, algo completamente inédito e que me marcou bastante, pois foi uma aula privada de desenho para o talentoso Marcelo Okama, professor de BD e Manga em várias escolas do Município. Fica aqui a minha demo e alguns apontamentos rápidos do que ia dizendo ao Marcelo. 

Aqui, uma aguarela da Igreja de Santa Cruz, que acabou por ser uma demo a tantos que passavam por mim e com curiosidade me perguntavam o que estava a fazer e assim que abria a boca, me perguntavam "você é de onde"?  Assim que respondia Portugal, muitos manifestavam o seu desejo de rumar para cá e outros nem sabiam onde era. Uma das pessoas que me abordou, foi um reporter da TV cultura Paulista, a quem dei o contacto do responsável do Grupo USk Araraquara, o Joel Venceslau. Três semanas volvidas, deu em entrevista para o programa cultural da tarde. 

Nesse mesmo dia, pela noite, o último workshop em Araraquara patrocinado pelo SESC que foi dado no Shopping Lupo, num cenário nocturno. 

Quando no altifalante anunciavam que o embarque para o AD8750 com destino a Lisboa, estava iminente, foi tempo de fazer o último registo desta viagem, o A330 da Azul que nos voltou a transportar de volta a Portugal. Estes dias passados no Brasil não foram apenas mais uma viagem mas sim uma experiência cultural muito enriquecedora que se não fosse a convite do artista Lauro Monteiro (baptizado de Embaixador desta conexão cultural) nunca teria a oportunidade de experienciar... O meu muito obrigado à Câmara Municipal de Torres Vedras por nos possibilitar esta viagem; à Prefeitura de Araraquara e à cidade em geral e suas gentes que tão bem me receberam, sempre com um sorriso e alegria contagiantes; aos meus companheiros de viagem: André Baptista, António Bártolo, Olga Neves e Cátia Candeias pela camaradagem, troca de conhecimentos e o cimentar de amizades que irão perdurar certamente; ao USk Araraquara, ao Joel e Madu, pela amizade e coragem de divulgar o movimento USk num ambiente que ainda resiste bastante a esta prática; a Casa do Pinhal e ao Novo Hotel Municipal pela arte de bem receber;  à Daniele, Daniel, SESC e à UNIARA pelo apoio sempre presente; e a todos vós que foram acompanhando esta série de posts e que desta forma também viajaram comigo. Muito obrigado a todos! Por todas as razões já mencionadas, adorei toda esta experiência, espero que tenham gostado também. Até uma próxima Araraquara, decerto irá haver oportunidades para um regresso! 

2 comentários:

  1. "Ô pá" Pedro Alves!!!...Pois certamente teu relato é sempre intenso, verdadeiro e muito bem ilustrado. Certamente cada um daqueles que te viu desenhando nas ruas e nos encontros,... aqueles que mal sabem onde fica Portugal e, dos que bem sabem, você deixou sua marca, seu estilo, seu modo de falar ( ao modo brasileiro) e ver as coisas. Sua contribuição ao Projeto Arte ao Centro Brasil é fundamental para que estes laços de amizade e irmandade se fortaleçam. Nós deste outro lado deste imenso mar que nos separa, agradecemos o convívio destes dias de muita arte!
    Bem vindo sempre ao nosso país.

    ResponderEliminar
  2. Foram momentos de muito aprendizado e e prazer de fazer e estar com amigos. Troca de experiências e culturas. Estamos esperando o próximo encontro. Valeu Pedro. Abraços.

    ResponderEliminar