17 agosto, 2017

Santa Cruz Watercolours - Part IV - Into the night...

Na 4ª feira, os artistas foram conhecer Lisboa, excepto eu que agradeço todos os instantes de férias em que me afasto da confusão do local que só me faz lembrar stress+trabalho. No dia seguinte deu-se o meu workshop de desenho que contou com cerca de 15 participantes e como tal, uma manhã ultra estafante mas onde saimos gratos por estarmos a passar o nosso conhecimento a outros. Os inúmeros "Merci" , "Thank you so much", "Gracias" e "Obrigado!" são as melhores coisas que podemos ouvir no final de um workshop! 

On Wednesday was time for a trip to Lisbon, that I skipped because I didn't want to remember work+stress during my vacations. Next day, my drawing workshop happened with 15 participants! I was exhausted at the end of the morning but quite grateful for all the "Thanks" that I got. It's rewarding to pass on your knowledge to others and realizing how helpful it will be for them all. 

6ª feira começa com uma demo da aguarelista Belga Marie-Paule Dupuis, com uma fantástica cena nocturna, onde as linhas de lápis foram substituídas com linhas de fita cola de papel, criando máscaras que a auxiliaram em todo o processo. Este meu esquisso ajuda-me a relembrar cada pormenor, de tudo o que aprendi neste momento que irão influenciar todos os meus workshops nocturnos de hoje em diante. 

Friday starts with a fantastic demo of Belgium artist Marie-Paule Dupuis doing a fantastic night scene, where pencil lines were replaced with tape, working as masks that helped her during the process. This sketch reminds me of all that I learned from this, which  will drastically change the way I teach night sketches in my future workshops. 


 Depois de almoço, rumámos ao sol abrasador de Torres Vedras que contrastava com o tempo Invernoso de Santa Cruz. Os artistas aproveitaram para dar um passeio livre pela cidade que antecedeu um dos momentos altos do encontro, a recepção na Câmara Municipal pelo seu Presidente Carlos Bernardes. Começámos por visitar a pequena mas belíssima Igreja da Misericórdia...

After lunch we went to Torres Vedras, under a boiling sun, opposing the winter we were having in Santa Cruz. We walked a bit before the main event of the evening, the reception in the City Hall by the Mayor Carlos Bernardes. We stared by visiting the small but beautiful Misericórdia church...

...passámos pelo Largo de São Pedro onde reforcei a importância de beber imperiais numa esplanada à sombra... 

...I stopped next to São Pedro church where I reinforced the importance of drinking beer under a cool shade...

 ...e reforcei ainda mais na esplanada em frente à Galeria Municipal (antiga Câmara Municipal) onde iria ser o lugar da cerimónia...

...and again right in front of the City Hall where the ceremony would take place...

 ... que contou, como já tinha mencionado, com a presença do Presidente Carlos Bernardes mas também da Vereadora da Cultura Ana Umbelino, que agradeceram e destacaram a importância que todos os artistas, em especial António Bártolo por estar ao leme desta inciativa há 10 anos consecutivos, que cada vez tem mais significado e presença cultural no concelho e no país.

...with the presence of Mayor Carlos Bernardes as I mentioned above, but also with Ana Umbelino, councilwoman for the Culture, who thanked our presence, mainly António Bartolo, responsible for this initiative for the past 10 years. 

À medida que o Sol ia descendo sobre a praça do Município, a cerimónia continuava com o coffee break e uma oferta do município para todos os artistas convidados, bem como uma agradável conversa entre todos. Depois, foi tempo de voltar ao frio (e chuva!) de Santa Cruz para o evento da noite: Pintura nocturna em conjunto com os Urban Sketchers! 

As the sun was setting on the square, the welcome ceremony was still on, while everyone was having a coffee and a nice conversation between us all. After that, was the time to return to the cold weather of Santa Cruz for the main event of the night: Night sketching with the Urban Sketchers!


Aqui, o papel organizador passou para mim e para o Bruno (Faltavas tu Ana para o circulo ficar completo) enquanto coordenadores dos Oeste Sketchers e também para dar as boas vindas aos Urban Sketchers que nos visitaram. Foi uma alegria enorme recebê-los e dar a conhecer o nosso colectivo aos aguarelistas presentes. "Vocês ainda são bastantes!" exclamava a Angela, ao qual eu respondi no meu fluente "portuñol": "..e ainda não viu nada, num encontro bem organizado, chegamos a ser bem mais de 50!" Fomos então em busca de um local para o registo nocturno e ainda sem encontrar o tal, vi o António Procópio a iniciar um desenho descomunal  e pensei, "é já aqui"... Tinha dado uma folha gigante da Canson ao António e fizemos, em conjunto uma verdadeira demonstração pública de sketch/aguarela para os muitos que iam passando. A meio dos trabalhos tínhamos uma multidão enorme de gente em  nosso redor que eu ia vendo pelo canto do olho e mesmo assim mal devido ao holofote que nos projectava uma luz bem potente na cara! Antes de terminar o desenho, levantei-me para esticar as pernas e fui prontamente abordado por um jovem que exclamou que gostava de fazer isto e não conhecia ninguém na zona dele que desenhasse. "És de onde?" perguntei eu. "...vivo nos Açores, São Miguel". "Então fala com a Alexandra Baptista!" respondi prontamente. "Ahh, ela é minha stora!!!"  "Então tu tens uma professora que é uma das melhores Urban Sketchers nacionais, estás a espera do quê para começar nisto?!"  (Alexandra, espero que resulte em mais "clientes").  
No final do encontro, os resultados foram fantásticos e foi brilhante ver tantos, bons e diversos registos, todos reunidos junto ao Ar de Bar, incluindo os cadernos de pessoas que não sabiam do evento e se juntaram quando nos viram desenhar. 

No final do evento, esta aguarela nocturna foi também cedida para a Câmara Municipal de Torres Vedras. 

Here, both me and Bruno took the organization role as Oeste Sketchers-USkP coordinators to welcome all the Urban Sketchers that joined us. It was an overwhelming joy to welcome and introduce them to all watercolourists. "You're a big group!" said Ângela with admiration. "...and you haven't seen nothing yet, our numbers go up to 50 or 60 in a well arranged meeting" I went for a place to sit down, and took me a long time to choose one until I saw António Procópio starting a superb sketch, and immediately joined him. We both did a public demo on how to sketch and watercolour a night scene to all the people passing by. Rapidly, a great amount of people gathered behind us to see us sketching and painting. At the end of the meeting, all works were displayed in the town centre, including the ones from people that joined us that weren't aware of this meeting. 

This watercolour is now part of the municipality watercolours collection also. 

Sem comentários:

Enviar um comentário